quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Fama

Mais uma série mítica dos nossos queridos Verdes Anos. Fama ou Fame, era o titulo de uma série que nos contava o dia a dia de uma escola de artes, a New York City High School for the Performing Arts.
Todos os personagens desta queriam vingar no mundo das artes, e em cada episódio da série éramos brindados com grandes momentos coreográficos, cheios de energia!
Quanto à banda sonora, quem não conhece a música do genérico que também tem o mesmo nome da série, interpretada por Irene Cara e que esteve nomeada para os Emmy como melhor música original.
Para os fanáticos desta série, já existe a possibilidade de matar as saudades, pois foi editada em dvd com todos os episódios. E para os mais saudosistas, aqui fica o genérico.



posta metida por: Ricardo Granjeia a 28.2.08

2 comentário(s)

domingo, 24 de fevereiro de 2008

O Tacho

Nos tempos loucos da EPRAL, quando não havia muito para fazer(quase sempre) o pessoal juntava-se com as câmaras digitais e lá começavam as curtas metragens!
Este video que vos mostro hoje é um exemplo de curta metragem que se fez numa das aulas pouco produtivas neste estabelecimento de ensino.
Aos que pertenceram ao curso de Informática-Manutenção 99-02, personagens únicos tais como Mosca, Mouco, Xiba, Amaro, Zeca, Conguito, Meira, entre outros, um grande abraço de saudade e nostalgia destes grandes tempos!



posta metida por: Ricardo Granjeia a 24.2.08

0 comentário(s)

sábado, 23 de fevereiro de 2008

Righeira - Vamos a la playa!

Como estamos em mês de aniversário, decidimos convidar os nossos visitantes a dar um pezinho de dança com este contagiante "Vamos a la playa".
Estávamos em 1984 quando este sucesso dos Rigueira, um grupo italiano de música Disco fundado três anos antes, inundou toda a europa. Composto por Stefano Rota and Stefano Righi, os Rigueira além de "Vamos a la playa", (Vamos à praia), alcançaram o sucesso com outro hit de nome "L`estate sta finendo" ("The Summer Is Over" - "O verão acabou") o que leva a pensar que a inspiração destes tipos em criar as suas músicas provém apenas na altura quente do verão, que o diga o sugestivo videoclip que vos trago hoje.
Sem mais demoras, toca a calçar o chinelo de enfiar no dedo, por a toalha às costas e vamos a la playa!!



posta metida por: Ricardo Granjeia a 23.2.08

4 comentário(s)

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

As Notas e Moedas 1 - 1000 escudos - D. Pedro V

Dou hoje início a uma nova rubrica neste cantinho virtual. Trata-se de vos trazer à memória as imagens dos saudosos escudos ou "paus", que nos deram tanta alegria nos deram n´Os Verdes Anos, fosse para comprar bombinhas, estalinhos, pastilhas ou outras coisas.
Para começar, falo-vos da nota de 1000 escudos, mais conhecidas nas estações de gasolina pelas "milenas", nome este que o meu pai apelidava quando abastecia o seu grande Mini.
Estas notas tem também algum significado para mim, pois além das meias e chocolates que a minha avó me dava nas épocas festivas, calhava-me sempre umas destas "meninas", só para mim, e o que duravam 1000 na altura!!
Tratava-se de uma nota com a imagem de D. Pedro V, em tons cinzas, datada dos gloriosos anos de 1982.
Ainda se lembram do que compravam com esta nota??

posta metida por: Ricardo Granjeia a 20.2.08

2 comentário(s)

terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

No Reino do Electrónico 7 - Cassetes BASF


Numa altura em que os CD's ainda estavam só ao alcance de alguns e não se ouvia falar em gravadores de cds, para se ouvir e guardar os últimos hits, o pessoal gravava as musicas nas cassetes virgens.

O engraçado da evolução e também deste anúncio que vos trago hoje, é que com estas magnificas cassetes de Chrome Extras II (de óptima qualidade) e por vezes as de Ferro Extra (de qualidade inferior), conseguia-se uma qualidade de som de 99.9% semelhante a cd. Só mesmo n'Os Verdes Anos!
Ainda me recordo de ir ao loja de discos, e num pedido disfarçado (porque embora na altura a pirataria ser pouco divulgada, já havia algumas restrições), lá requisitava as gravações da Madonna, dos Guns n' Roses e da Lambada, que só custavam 300$00 - preço da cassete.
Para recordar esses tempos primitivos da pirataria deixo-vos o anúncio da BASF Chrome Extra II.



posta metida por: Ricardo Granjeia a 12.2.08

1 comentário(s)

terça-feira, 5 de fevereiro de 2008

As bombinhas de Carnaval




A terça-feira de Carnaval era o último dia para esgotar com todo o arsenal que tínhamos em stock de bombinhas, estalinhos, foguetes, etc. Depois de gastarmos toda a semanada na casa Porto e na Casa Milho e garagem do Chico Dias (locais sagrados n'Os Verdes Anos onde se adquiriam estes fantásticos produtos didácticos), era a altura de nos vingarmos, e não havia fechadura de porta, que escapasse às ondas choque provocadas pelas bombinhas!
Aquele suave cheiro a pólvora queimada nas mãos, de tanta bombinha atirar e de tantas "castanholas" raspar na parede, a pouco e pouco deixou de se sentir, pois devido à legislação, foram retirados do mercado, por motivos de segurança, mas na memória ainda perduram os dias em que o Carnaval era vivido intensamente a bafejar pequenos explosivos que assustavam toda a gente.

posta metida por: Ricardo Granjeia a 5.2.08

0 comentário(s)

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2008

Feira dos Bonecos

O programa "Feira dos Bonecos" levava-nos todos os dias ao mundo mágico das marionetas.
Em cada episódio, havia sempre uma fábula ou um conto tradicional para se contar e sempre com os simpáticos bonecos e vozes divertidas. O cenário era um pequeno teatro, muito bem decorado, onde no inicio de cada história surgia o anfitrião para nos resumir a aventura da história que iria ser contada.
Aqui vos deixo o genérico desta série portuguesa.



fonte: www.misteriojuvenil.com

posta metida por: Ricardo Granjeia a 1.2.08

0 comentário(s)