quarta-feira, 31 de maio de 2006

Modern Talking


De origem alemã, os Modern Talking tiveram o seu "boom" em plenos anos 80, (Verdes Anos). Esta grande banda de Pop era constituida por Dieter Bohlen e Thomas Anders, ambos compositores e produtores. Formada nos finais de 1984, os Modern Talking foram a banda germânica com maior sucesso de vendas, com grandes musicas tais como "You're My Heart, You're My Soul", "You Can Win If You Want" e "Cheri, Cheri Lady", entre outros. Promovidos na Tv por toda a Europa, incluíndo o nosso país, lançaram 2 albuns entre 1985 e 1987, acabando por se separarem nesse mesmo ano. O duo, acabou por se reconciliar em 1998, criando novas versões de grandes sucessos de outrora, e chegando novamente aos tops!!! Em 2003, acabam por se separar novamente, derivado a desentendimentos. Thomas Anders iniciou uma carreira a solo, enquanto Dieter Bohlen dedicou a maioria do seu tempo a novos talentos, especialmente os que apareciam na versão alemã dos Idolos.
Os Modern Talking foram um caso de sucesso nesta época, não deixando indiferente qualquer jovem às musicas que interpretavam!
Dedico esta posta à amiga Sissy, que ontem me recordou destes tipos que tocavam e envergavam vestes e poses um tanto ou quanto...."duvidosas"!!!
Hoje deixo-vos não 1, nem 2, nem 3, mas sim 4 videos num remix, com alguns sucessos deste duo musical.
Para saber mais sobre os Modern Talking, vejam o link no sitio do costume.



posta metida por: Ricardo Granjeia a 31.5.06

3 comentário(s)

terça-feira, 30 de maio de 2006

A coisa mais doce...

Ela é gira, divertida, inteligente, entre muitas qualidades! E este fim de semana passado tive o enorme prazer de assistir à sua Queima das Fitas!!
Há quase 6 anos que a conheço, e hoje quero dedicar-lhe esta posta por inteiro e desejar-lhe as maiores felicidade e muitos
parabéns!!!
Esta foto foi tirada no inicio da sua vida de estudante da Universidade de Évora, em plena praxe académica!



Carla, és a minha coisa mais doce!!!


Powered by Castpost

posta metida por: Ricardo Granjeia a 30.5.06

0 comentário(s)

sexta-feira, 26 de maio de 2006

É mais um Aniversário!

Deda, Catapeta, Catapeu, Esponjinha, etc...são nomes de uma só pessoa, é ele o César que cumpre mais um aniversário!
Para ele, dedico esta posta com a recordação de uma fotografia dos famosos penaltys directos da torneira da imperial!

Muitos Parabéns!


posta metida por: Ricardo Granjeia a 26.5.06

0 comentário(s)

segunda-feira, 22 de maio de 2006

Guaraná Débora Secco





Nesta noite, foi tudo nosso, até "as" Debora Secco que lá estavam, aquilo é que foi apalpar e mexer até não poder mais (no cartão, claro)!!!
Para muitos ficou a mágua de não se tratar da verdadeira Débora, mas pra outros foi a alegria da noite!
Estas fotos foram tiradas no antigo "Jardim da Cerveja" em Évora.

posta metida por: Ricardo Granjeia a 22.5.06

0 comentário(s)

domingo, 21 de maio de 2006

Knight Rider - O Justiceiro

O Justiceiro - A série imortal dos anos 80! é dela que hoje vos falo.
Segundo me lembro, dava aos domingos, antes do telejornal, por volta das 7 da tarde! Aquela hora era repleta de emoção e aventura com esta serie, abrilhantada por David Hasselhoff, (o Mitch das Marés Vivas).
Esta fantástica série contava a historia de Michael Long (Hasselhoff), um ex-policia que depois de um acidente fora salvo por um milionário (
Wilton Knight) e que lhe instituiu uma nova identidade - Michael Knight e lhe deu uma nova missão na vida: Lutar pela justiça e pela lei!.
Tudo isto seria normal, não estivesse Michael Knight acompanhado de KITT. Um super-carro que não lhe faltava nada, mesmo anda, e que até falava!!! Um autêntico sonho p'ra uma criança!!
Quem não se recorda do TurboBoost de KITT, função esta que permitia este Pontiac Trans-Am dar saltos para evitar os perigos dos inimigos..
Simplesmente fantástico.
Hoje deixo-vos o genérico da 1.ª série d'O Justiceiro, para recordarem esta maravilhosa série!!
Para saber mais sobre "O Justiceiro", vejam na secção "links".



"Knight Rider....
A shadowy flight into the dangerous world of a man who does not exist.
Michael Knight, A young loner on a crusade to champion the cause of the innocent,
the helpless, the powerless, in a world of criminals who operate above the law."

posta metida por: Ricardo Granjeia a 21.5.06

3 comentário(s)

quinta-feira, 18 de maio de 2006

As Noites de S. joão

Ano de 2004, em pleno Europeu de Futebol e Feira de S.João. A noite, depois de mais uma vitória da nossa selecção, levou-nos a testar a sorte no bingo da feira. Reparem nas expressões dos fotografados...desde o olhar atento e desconfiado de Lena, face ao frenético microfone que entoava os numeros, ao entusiasmo desenfreado do Cajó,que não dava à conta com tanto cartão. No final, quem se safou foi o Gonçalo, premiado com um expremedor de citrinos, os outros, ficaram com um suave sabor de derrota nos lábios, na esperança de voltar um dia mais tarde!

posta metida por: Ricardo Granjeia a 18.5.06

1 comentário(s)

quarta-feira, 17 de maio de 2006

Mais do mesmo...


Local: Manel dos Potes, onde a bela da mine sabe melhor, e onde o tremoço é mais salgado!
Os amigos do costume: Cajó e Hélio!

posta metida por: Ricardo Granjeia a 17.5.06

0 comentário(s)

terça-feira, 16 de maio de 2006

Balada de Hill Street

Das poucas séries que em miúdo nunca percebia, e era grande seca, mas achava de certo modo engraçado, era a Balada de Hill Street - “Hill Street Blues” no seu titulo original. Contava a história de uma esquadra de polícia americana, com as suas aventuras e peripécias.
Aquele genérico algo melancólico, com a apresentação das personagens, não era nada que cativasse uma criança.
Mas hoje, reconheço a qualidade desta série, foi um marco na história da televisão, assim como na nossa história, daí hoje publicar esta posta, pois a vida n’Os Verdes Anos não era só a ver na Tv aquilo que era bom, e relembrá-lo agora neste blog, mas de certo modo, relembrar aquilo que era menos bom!


posta metida por: Ricardo Granjeia a 16.5.06

1 comentário(s)

segunda-feira, 15 de maio de 2006

Mete Nojo

Dotado de grande talento no mundo das artes e espectaculos, esta simpática..."coisa" fez-nos companhia e actuou como duplo naquilo que foi a nossa primeira e unica experiência cinematográfica.
Com o seu ar galante, despreocupado, e envergando a sua pantufa tigrada, era sempre o primeiro a chegar ao local das filmagens e todas a miudas o adoravam, era vê-lo a dar autografos e a beber uns copos com a malta nos tempos livres!
"Devorados pelos Vermes" era o titulo da nossa mega produção, que envolvia mistério, suspense, terror, entre outros. Tudo se passava no campo, numa noite de trovoada seca, os mais estranhos acontecimentos sucediam-se em catadupa. E nos momentos mais dificeis e arriscados, lá estava ele...Mete Nojo.
O filme em si, nunca saiu da cassete video 8, e dificilmente surgirá, pois o nosso cameramen apagou a dita!
Na memória ficam os grandes planos cinematográficos e efeitos especiais de vanguarda, (quem não se lembra do sangue cor de rosa, dentro de frasquinhos de Tera-Med) que foram aplicados neste filme!
O triste fim desde grande duplo, consistiu numa violação conjunta com a maioria do "cast", acabando por sucumbir num contentor de lixo!

Para esse grande "senhor" do mundo dos Stunts, a minha homenagem!!


(Foto gentilmente cedida pelos Arquivos Fotográficos Gonçalo Mendes S.A.)

posta metida por: Ricardo Granjeia a 15.5.06

0 comentário(s)

sábado, 13 de maio de 2006

O tal caso isolado de Emergência

Hoje deixo-vos o tal caso isolado de emergência, onde o sentido de sobrevivência do "animal" se sobrepôe à consciência de procurar uma casa de banho.
Quem me desculpe o "cagão" de serviço, mas tal como umas postas atrás, a verdade tinha que ser revelada, e nada melhor que hoje, para não deixar arrefecer o assunto!
A sopa da panela é que (baseado e relatos da altura, e desde então), começou a ter um novo sabor!!!
Bom fim-de-semana!!!







posta metida por: Ricardo Granjeia a 13.5.06

1 comentário(s)

quinta-feira, 11 de maio de 2006

Viagens ao Norte



Destas viagens, que infelizmente em nehuma das edições participei, tenho pouca coisa a dizer. O destino, esse era sempre rumo ao norte do país,onde a natureza era mais verde e "fresca"!
Pois bem, esta foto, ilustra uma dessas viagens, no momento em que 4 animais....desculpem, 1 boi se cruza no caminho dos nossos "turistas". A pose máscula e viril dos artistas, a prepararem-se para uma possível investida do bovino, contrastando com a aproximação do automóvel, coloca uma questão pertinente: Será que macacos voarão do meu rabo???´


posta metida por: Ricardo Granjeia a 11.5.06

1 comentário(s)

quarta-feira, 10 de maio de 2006

KBE - As Regras

Aqui ficam hoje, os estatutos e as regras do já extinto KBE, redigidas numa noite de canecas bem geladas, no CAT da Siemens!
A destacar, as minhas preferidas:
"Utilizar sempre o alguidar quando sentir a presença inoportuna do vilão Gregório" - homenagem ao grande e maquiavélico ser, que surgia nas alturas mais dificeis.
"Não lavar as trombas na água da açorda" - Alegoria aos madrugadores, que consporcavam com a sua higiene matinal a nossa bela açorda, com ramelas.
E o clássico "Não cagar ao pé da hortelã"! - Singela mas bonita dedicatória ao maior cagão (Gonçalo) que nem a hortelã da avó do Carlos respeitou naquela manhã.



(Parte1)

(Parte 2)

posta metida por: Ricardo Granjeia a 10.5.06

1 comentário(s)

segunda-feira, 8 de maio de 2006

Os Jovens Heróis de Shaolin



O conceito hoje em dia, não é novidade, mas em Portugal, na década de 80, "Os Jovens Heróis de Shaolin" foram "a" novidade!
Transmitida na RTP1, contava a história de 3 heróis no templo de Shaolin durante a Dinastia Ching.
Saltos fantásticos, intriga, luta, amor e humor, predominavam na unica série asiática que teve sucesso no nosso pais., assim como noutros onde foi transmitido.
Na minha infância, tentava imitar os saltos e acrobacias influenciadas nesta magnifica série, mas em vão! A exibição de Kung-fu de cada episódio fascinava qualquer petiz de 6 ou 7 anos, e no dia seguinte, na escola, realizava-se o treino com os colegas!
De salientar, que esta magnifica série, foi recentemente editada em DVD, com uma excelente caixa com 5 discos, contendo a série completa de 20 episódios.

posta metida por: Ricardo Granjeia a 8.5.06

1 comentário(s)

domingo, 7 de maio de 2006

Euro 2004



Nuns "verdes anos" mais recentes, mais concretamente no ano de 2004, viveu-se a euforia do Euro 2004. A jogar em casa, foi a oportunidade única para apoiar a nossa selecção. E nós, foi o que fizemos!
De Espanha a Holanda, passando pelo tormento de Inglaterra, o palco para ver os jogos do europeu de futebol era sempre o mesmo: a tasquinha dos escuteiros, na nossa Feira de S. joão, e sempre à mesma hora!
No final, a festa era de arromba, abraços com o hino à mistura e algumas camisas e t-shirts estragadas!

posta metida por: Ricardo Granjeia a 7.5.06

1 comentário(s)

sábado, 6 de maio de 2006

Dartacão e os 3 Moscãoteiros

Das mil e uma versões da obra de A. Dumas: "Os Três Mosqueteiros", deixo-vos hoje uma das mais marcantes e importantes d'Os Verdes Anos. "D'artacão e os Três Moscãoteiros" era uma série de animação em que os principais personagens eram cães. D'artacão e os amigos: Dogus, Mordus e Arãomis, e a bela Julieta, lutavam o vilão Cardeal Richelieu e a sua conspiração contra o Rei.
Com um genérico cantado em português, a moda do D'artacão pegou de tal maneira, que toda a miudagem tinha a sua lancheira forrada com autocolantes da série, dossiers, bonecos, colecções de cromos, e até o disco do genérico, versão cantada no lado A, e instrumental no lado B.

Um por todos, e todos por um!!!!










era uma vez os três
os famosos moscãoteiros
do pequeno dartacão

tão bons companheiros
os melhores amigos são
os três moscãoteiros
quando em aventuras vão

são sempre os primeiros

quando eles vão combater
já não há rival algum
o amor da julieta
é o dartacão
e ela é a predilecta
do seu coração

(dartacão, dartacão)
correndo grandes perigos
(dartacão, dartacão)
perseguem os bandidos
(dartacão, dartacão)
e os três moscãoteiros
longe vão chegar
(dartacão, dartacão)
és tu e os teus amigos
(dartacão, dartacão)
em jogos divertidos
(dartacão, dartacão)
vocês são moscãoteiros
a lutar!!

posta metida por: Ricardo Granjeia a 6.5.06

5 comentário(s)

sexta-feira, 5 de maio de 2006

Les enfants terribles 2

À imagem do que aconteceu anteriormente, aqui fica mais um "retrato" histório, desta vez tirado na Escola Primária n.º 6, de S. Mamede - Magistério Primário. Ora vejam lá se reconhecem a pirralhada!!

posta metida por: Ricardo Granjeia a 5.5.06

0 comentário(s)

quinta-feira, 4 de maio de 2006

O Cão Vagabundo

Estou emocionado! Ao fim de tanto tempo, encontro o genérico de uma série de TV muito especial para mim. E enquanto escrevo esta posta e revejo o video, fico todo arrepiado!!! Que série!!! A série de Tv que vos falo é do "Cão Vagabundo". Um simpático pastor alemão, de bom coração, que percorria as estradas da América, em busca de aventuras e sempre pronto a ajudar os mais necessitados. Desde miúdo que adoro cães, e sempre que via esta série, sonhava que um dia destes, este cão aparecia à minha frente, e levava-o para a escola, pra mostrar aos colegas!
Repleta de bons valores, a serie "o Cão Vagabundo" mostrava um herói de 4 patas, solitário, como todos os grandes heróis!
O genérico, esse, de grande carga emocional, mostrava a fidelidade deste canideo face ao Homem, e tal como a musica diz, em cada paragem, este fiel pastor alemão, fazia um amigo novo!
Que grande série!!





The Littlest Hobo

There's a voice that keeps on calling me
Down the road is where I'll always be

Every stop I make, I'll make a new friend
Can't stay for long, just turn around and I'm gone again.

Maybe tomorrow, I'll want settle down,
Until tomorrow, I'll just keep moving on.


So if you want to join me for a while
Just grab your hat, come travel light - that's hobo style.

Maybe tomorrow, I'll want settle down,
Until tomorrow, I'll just keep moving on.

(Terry Bush)

A posta de hoje, é dedicada a mais uma aniversariante, desta vez, à Sissy Coelho!
P'ra ela, um grande beijo de felicidades!

posta metida por: Ricardo Granjeia a 4.5.06

6 comentário(s)

quarta-feira, 3 de maio de 2006

Aniversário!!

E hoje, para brindar as 26 primaveras deste grande amigo, uma posta especial!
Dotado, em tempos, de guedelha farta, o amigo Pinto (com a sua velha máxima: "Epá, vai por mim, comigo tens mel garantido"), nunca teve estômago para grandes abusos. Que o prove esta foto, magistralmente tirada pelo Gonçalo, numa passagem de ano na Quinta do Vale da Porca.



Os votos de muitos Parabéns!!
A "equipa" d'Os Verdes Anos!!!

posta metida por: Ricardo Granjeia a 3.5.06

5 comentário(s)

terça-feira, 2 de maio de 2006

Rambo



Uma das coisas que ainda não se falou um pouco neste Blog, foi o cinema. Mais
concretamente dos filmes de aventuras, os que alegravam o serão ou outra hora do dia, no velhinho VHS. Hoje quero falar-vos de um herói que marcou a geração. O Rambo. Os filmes do Rambo, alugados no agora extinto Video Clube Mora, (com a capinha amarela, lembram-se?), caracterizavam-se por ter sempre os mesmos ingredientes: Violência, tiros, e porrada. E não é que a malta curtia os filmes do Rambo?!?! Interpretado por Sylvester Stallone,(o duro dos duros) contava a história de John Rambo, um veterano de guerra destacado para as missões mais difíceis e arrojadas. Ora vamos aos factos:

Rambo I - The First Blood - 1982

John Rambo (Sylvester Stallone) é um veterano de guerra do Vietname, preso injustamente pelo xerife Will Teasle (Brian Dennehy). Após muita tortura, consegue fugir e começa uma violenta vingança contra aqueles que o atormentaram.



Rambo II - The First Blood part 2 - 1985

Rambo está numa prisão federal, mas quando o governo tem um grupo de soldados na batalha do Vietname desaparecidos, o Coronel Trautman é autorizado a enviá-lo para os resgatar.



Rambo III - Rambo III - 1998

John Rambo vai para um mosteiro budista, procurando a paz depois de tanto sofrimento, tanto fisica como psicologicamente. Só que quando sequestram o seu mentor (Trautman) , ele vê-se obrigado a ir atrás dos responsáveis e resgatá-lo, antes que seja tarde demais.




posta metida por: Ricardo Granjeia a 2.5.06

2 comentário(s)

segunda-feira, 1 de maio de 2006

ThunderCats

Os Thundercats ou em português "Os Supergatos" era uma série de animação, transmitida na RTP1, por volta de 86. Na vida de um miudo de 6, 7 anos, a rotina era sempre a mesma: Escola de manhã, almoço, fazer os tpc's e à hora do lanche, ligar a tv para ver os desenhos animados, onde constavam entre muitos, os Thundercats.



O genérico dava-nos a conhecer as personagens:Lion, Panthro, Tygra, Cheetara, todas elas meio homem, meio gato, e cada um com super poderes especiais.O seu objectivo: acabar com os planos do vilão Mumm-Ra the Ever Living - O Sempre Vivo e os seus mutantes.

Para os que ainda se lembram da série, e achavam a Cheetara extremamente sexy, deixo um desafio:
Qual a frase que Lion, o personagem principal, entoava quando empunhava a sua espada mágica??? O resultado será divulgado amanhã, e o vencedor será premiado com uma sandes de torresmos!



A história dos Thundercats resume-se à sua vinda para um planeta semelhante à Terra, fugindo do seu planeta natal à beira da destruição, Thundera.
Outros dos personagens são Wilykit e Wilykat, as crianças do grupo, dois irmãos que possuem bombas de gás para qualquer eventualidade; e por último, mas não menos importante, Snarf, protetor de Lion e responsável pelo lado mais cómico da série.
Quando o amigo Pinto fala nos seu "covil", os Thundercats tiveram que se adaptar ao seu novo habitat e para isso construíram a Toca dos Gatos, uma fortaleza monumental capaz de abriga-los e protege-los de ataques inimigos, graças aos avançados esquipamentos de artilharia. O que merece destaque no arsenal dos felinos é o famoso Thundertank. Construído por Panthro, é capaz de enfrentar quase qualquer tipo de terreno. Possui diversas armas e nele era possível transportar todos os Thundercats. É um veículo versátil e muito original. Aliás, a originalidade é um factor constante nesta série animada.

Exemplo disto é a espada usada por Lion para se defender. A Espada Justiceira (Sword of Omens) tem um visual magnífico. Ela tinha o Olho de Thundera - o símbolo dos Thundercats - e que símbolo!



Em posição de destaque, com ornamentos ao seu redor dão o acabamento. Além disto, ela tinha poderes muito interessantes. E como o amigo Pinto diz e com razão, Lion gritava "Thunder, thunder, Thundercats... Hooooo!" enquanto brandia sua espada no ar para chamar os seus amigos onde quer que estivessem? Ou então da frase "Espada Justiceira, dê-me a visão além do alcance", que fazia o Olho de Thundera mostrar a Lion uma imagem de algo acontecendo longe de onde estava. São frases que ficaram tatuadas na memória de qualquer fã desta série.
Infelizmente a série Thundercats deixou de ser produzida. Mas com certeza deixou sua marca no segmento da animação. Estes desenhos tão densos artisticamente eram capazes de gerar mil e um objectos de merchandising que variavam de bonecos e veículos a lancheiras e réplicas de plástico da Espada Justiceira.
Para mais informações sobre os Thundercats, podem encontrar no sitio do costume.
Parabéns ao felizardo que acertou na resposta!

posta metida por: Ricardo Granjeia a 1.5.06

2 comentário(s)