terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Crime na Pensão Estrelinha

Muito antes dos Big Brothers e dos outros reality shows preencherem a noite de reveillon de passagem de ano, quem nos acompanhava na chegada no novo ano era Herman José e a restante comitiva de humoristas. Na passagem de 1990 para 1991, Herman surge com um programa que foi revolucionar a Tv portuguesa: Crime na Pensão Estrelinha. Durante cerca de duas horas, Herman José acompanhou-nos e divertindo-nos na companhia de S. José Lapa, Rita Blanco, Ana Bola, Victor de Sousa, Lídia Sousa, Canto e Castro e Maria Vieira. Com argumento de Herman José e realização de Fernando Ávila, o programa tinha como mote um assassinato que decorre numa pensão - a Estrelinha.
Para além de várias personagens já conhecidas, como o celebérrimo Esteves, a não menos famosa Maximiana, a Ivete Marise e o Serafim Saudade, Herman José apresenta um “boneco” novo: Hércules Poirot, detective infalível, que já depois da meia noite, consegue descobrir que quem matou o sr. Neves.
Além da trama principal que o programa apresentava e dos outros sketches, destaco dois em especial: o primeiro trata-se da ceia de fim de ano, onde Herman (Filipa Vá com Deus) nos ensina a fazer um completo banquete à base de batata, e finalmente, o de Paco Bandeira com o tema "Ó Melgas, ó melgas!", que durante largos anos foi tema obrigatório nas jantaradas e noites de copos à sexta feira à noite.





Só mesmo, mesmo para acabar, e para quem é fã deste "crime", a partir de dia 20 de Dezembro, vai estar a venda nos locais da especialidade, a edição em DVD deste grande revellion televisivo.

posta metida por: Ricardo Granjeia a 18.12.07

1 comentário(s)