sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Assalto ao Arranha-céus, ao Aeroporto e os outros seguintes...


O que vos quero relembrar hoje é provavelmente a maior saga de filmes de acção que já alguma vez um miúdo de 10 anos poderia ver na tv: a saga DIE HARD.

Explosões, tiros, e muita acção, eram o ingrediente principal desta saga, e sempre com o actor principal Bruce Willis aka John McClane a fazer a vida negra aos terroristas.
Começamos em 88, quando saiu "Assalto ao Arranha-Céus", sem dúvida, pra mim, o melhor da saga Die Hard. Traduzido ainda para a língua de Camões, o titulo despertava logo a emoção de pensar o que seria um assalto a um arranha céus, e para ser sincero, vibrei com este filme, ainda hoje, quando passa na tv, embora já saber as deixas e as cenas de cor e salteado, fico sempre maravilhado com esta película.



1990, o título, mais uma vez em português, antecipava um grande sucesso: "Assalto ao Aeroporto". A história repete-se um pouco à imagem do primeiro: a mulher do nosso super polícia está ameaçada por terroristas, desta vez dentro de um avião, em vez de dentro de um arranha céus, mas mais uma vez, McClane salva o dia, e beija a miúda no genérico final..ahahah, um pouco repetitivo, mas com bastantes tiros e explosões à mistura.



1995, regressa John McClane, com um novo parceiro: Samuel L. Jackson e com um roubo à Reserva Federal Americana. O vilão da fita, é nada mais nada menos que o irmão de Hans Gruber, o vilão do 1º filme da saga.
Pra que mais palavras, trata-se do 3.º filme, desta vez, sem tradução em português, mas com a emoção de sempre: "Die Hard with a Vengeance"...Ah e também tinha tiros e explosões. Na altura tinha 15 anos, mas o facto de ver mais um "Assalto..." deixava-me em pulgas em saber como McClane se iria safar de mais uma aventura.



Finalmente em 2007, após vários anos desaparecido, eis que John McClane é "desenterrado", num "Live Free and Die Hard"... mas esse, é para falar mais tarde, pois ainda lhe faltam alguns anos para o lugar no hall of fame, d'Os Verdes Anos. Até lá, relembrem e divirtam-se com as traillers destes marcos cinematográficos que tanto nos fizeram sonhar na nossa juventude.

posta metida por: Ricardo Granjeia a 10.8.07

1 comentário(s)