sábado, 27 de janeiro de 2007

Robocop


No final dos anos 80, (nos plenos Verdes Anos) um novo herói cibernético do cinema americano tornou-se um dos maiores sucessos de bilheteria da época. Robocop, o policial do futuro, produzido em 1987 pela Orion Pictures Corporation, e realizado por Paul Verhoeven e contava a história de Alex Murphy, um policia que trabalhava nas ruas de Detroit, e é brutalmente assassinado por um gang de criminosos.
Dado oficial
mente como morto, Alex é transformado pela OCP (Omini Produtos de Consumo), uma poderosa multinacional instalada em Detroit, num moderno e poderoso cyborg de combate ao crime, baptizado de Robocop, dotado da mais alta tecnologia e poder de fogo. Robocop assume o papel de defensor da lei e da ordem nas ruas da decadente Detroit, que está dominada pelo crime e pela corrupção. Mas Robocop acaba por ser atormentado pelas lembranças de Alex Murphy, a sua verdadeira identidade.
Confesso que pela primeira vez que vi este filme, fiquei maravilhado pelos efeitos especiais e nas semanas segui
ntes, o meu sonho era ser…o Robocop, pois claro, e até tinha uma pistola de plástico semelhante à do filme.
Mais tarde, depois da estreia deste filme, surgiram as normais sequelas, acabando por d
estruir todo o imaginário e universo do policia meio homem, meio máquina, presente no primeiro, chegando ao cúmulo de no 3.º filme, porem Robocop a voar!!!?!?? Mas para mim, o que me ficou na memória, assim como outros caso de sequelas, foi o primeiro, e como tal, deixo-vos a trailler desse mesmo filme!


posta metida por: Ricardo Granjeia a 27.1.07

0 comentário(s)