quarta-feira, 1 de novembro de 2006

Condessa de Ségur


Uma das autoras do século XIX que foi publicada até a segunda metade do séc. XX. Nasceu na Rússia, mas teve de fugir para Paris aos 18 anos onde desenvolveu uma grande obra de profunda orientação e valores moralistas, como era comum nos livros da época.

As suas principais obras foram Meninas Exemplares, a série Sofia, Memórias de um Burro e a Pousada do Anjo da guarda.

Por incrível que pareça, ainda guardo com muita estima os meus 2 livros desta autora, e só de olhar para as capas com as suas magníficas ilustrações, dá-me uma vontade enorme de os reler.

Deixo hoje uma sugestão aos saudosistas da literatura infantil/juvenil d’Os Verdes Anos.

posta metida por: Ricardo Granjeia a 1.11.06

4 comentário(s)