quarta-feira, 22 de novembro de 2006

A Açorda


Depois da tempestade, vem a bonança, neste caso é mais do género: "depois da bebdeira, vinha a açorda!"
Nas manhãs de Ano Novo, era tradição, comer-se a açorda, claro está, que com todas as camadas de havia na festa, era quase impossível fazer-se alguma coisa decente, muito menos uma açorda de alho, mas o que é certo, é que lá aparecia feita, e havia gente para a comer...mesmo depois do Pinto e eu, lavarmos a cara na água para a mesma, que aquecia lentamente no lume!!!

posta metida por: Ricardo Granjeia a 22.11.06

1 comentário(s)