terça-feira, 24 de outubro de 2006

Ana dos Cabelos Ruivos

É com muito agrado que entro nestas andanças dos blog’s, através do convite d’Os Verdes Anos.
Para começar, quero-vos relembrar o tempo, em que mais uma vez, assistíamos durante a tarde ao Programa “Agora Escolha” na RTP1, apresentado por uma simpática senhora loura, chamada Vera Roquete.
Enquanto esperávamos ansiosamente pela decisão do público que votava na sua série preferida, o qual nunca o fiz, pois ainda não tinha telefone em casa, assistíamos, pelo menos eu, euforicamente a uma das minhas séries de animação preferidas. Ana dos Cabelos Ruivos, quem não se lembra? As meninas de certo que todas se recordarão desta série.
Esta era uma série de animação televisiva, adaptada do livro “Anne de Verdes dos Glables”, de Lucy Maud Montgomery e foi publicado primeiramente em 1908, mais tarde produzida pelo Animation de Nippon no Japão em 1979, dirigida por Isao Takahata.
Foi exibida no continente Asiático e também na Europa, estreando-se na televisão portuguesa na década de 80, mais propriamente em 1987. A história baseia-se na vida de uma menina ruiva que constantemente estava a meter-se em sarilhos.
Recordo-vos de alguns episódios caricatos, em que a menina Ana fazia traquinices, como aquele em que ela pintou o cabelo, pois ela não gostava do cabelo ruivo e decidiu pinta-lo de preto, o pior é que quando foi ver, reparou que tinha ficado esverdeado, no fim, como a tinta não saia, não teve outro remédio senão corta-lo, bem curto, à rapaz, que para ela foi uma grande tristeza.

Outra das traquinices que a Ana fez, foi um dia convidar a sua amiga Diana para o lanche e pensando que estava a servir licor de Groselha, estava antes a servir outro licor com álcool, o que não tardou às duas amigas ficarem num ligeiro estado alcoolizado, o que levou a que a Ana fosse sujeita a um grande castigo e a ficar longe da amiga, pois os pais desta proibiram-na de conviver com a Ana. Escusado será dizer que estes castigos, não demoravam muito tempo, assim como o corte de cabelo, pois no episódio seguinte já estava no estado normal. Não foi das séries animação mais famosas que passaram pelo nosso país, no entanto para mim, foi uma excelente série de animação que adorava ver e que não perdia um único episodio, bons tempos, em que os desenho animados eram simples e que nos cativavam imenso.


posta metida por: trixieudyes a 24.10.06

9 comentário(s)